Farmacêutico oncologista: entenda seu papel e importância

Farmacêutico oncologista: entenda seu papel e importância

Cadastre-se gratuitamente em nossa lista de leitores e seja notificado com exclusividade a cada novo post ou material publicado.

Atuando como farmacêutico oncologista, o profissional farmacêutico é um grande aliado na luta contra o câncer. 

O Farmacêutico é ainda confundido pelas pessoas como aquele profissional que atua somente em farmácias, atrás dos balcões atendendo o público. 

Se você for a uma farmácia provavelmente encontrará este profissional lá. 

Porém o que muitos não sabem é que o farmacêutico atua em diferentes áreas, e não somente dentro de farmácias. 

O profissional farmacêutico possui um papel muito importante para a sociedade, e hoje falaremos mais sobre um deles em específico.

Muitos não sabem mas o profissional farmacêutico é também um grande aliado na luta contra o câncer. 

Nos hospitais oncológicos, o farmacêutico atua em diversas frentes do processo de utilização de medicamentos. 

Por isto hoje vamos tratar de assuntos como a oncologia, o papel do farmacêutico oncológico, a carreira do profissional farmacêutico que deseja atuar como oncologista, entre outros.

Fique conosco até o final e veja tudo o que preparamos aqui para você.

O que é oncologia?

A oncologia é uma área da medicina que estuda especialmente tumores, sendo eles benignos ou malignos.

O tumor é um ramo da patologia que estuda as neoplasias. 

Neoplasias por sua vez é a multiplicação anormal de células de um tecido que pode ocasionar consequências graves ao organismo. 

Existem neoplasias benignas e malignas

Um tumor pode invadir outros tecidos e também se espalhar por todo o corpo. 

A oncologia está voltada para a forma como o câncer se desenvolve no organismo e qual é o tratamento mais adequado para cada caso.

Qual a importância da oncologia?

A oncologia é uma disciplina complexa e interessante. 

É de extrema importância na cura de pacientes com câncer. 

Através do profissional oncologista é possível prescrever tratamentos de quimioterapia, hormonioterapia e imunoterapia.

A oncologia pode ter intenção curativa ou paliativa (alívio dos sintomas objetivando uma melhora da sobrevida e da qualidade de vida).

Ramificações dentro da oncologia

Dentro da medicina oncológica existem diversas ramificações e profissionais de outras especialidades que também podem atuar na área.

Exemplos destes profissionais são os farmacêuticos, pediatras, radiologistas, cirurgiões, psiquiatras, entre outros.

Nesses casos, os profissionais acumulam duas ou mais especialidades.

Qual o papel do farmacêutico oncologista?

Os farmacêuticos oncológicos possuem um papel muito importante no preparo dos antineoplásicos, visando a preservar as características do produto e não agregar a ele nenhuma carga microbiana.

Integrante essencial da equipe multidisciplinar em oncologia, o farmacêutico atua na manipulação e gerenciamento dos medicamentos utilizados.

O profissional farmacêutico oncologista precisa garantir que os procedimentos sejam realizados da maneira adequada, conforme indicação e posologia.

O profissional farmacêutico que atua na área de oncologia ganha a cada dia mais importância no tratamento do câncer, pois está presente desde a escolha e aquisição dos medicamentos até a manipulação dos quimioterápicos. 

Sua função tem contribuído para a garantia da qualidade dos procedimentos, informações e orientações sobre quimioterápicos e consequentemente para a segurança do paciente. 

Atualmente, existe uma grande preocupação em aumentar a segurança, efetividade e racionalização dos fármacos, pretendendo com isto otimizar as terapêuticas e oferecer qualidade de vida ao paciente em tratamento. 

A começar pela escolha de terapias oncológicas. 

Pelo fato de existirem vários quimioterápicos disponíveis, é função do farmacêutico auxiliar na escolha das melhores terapias e na definição dessas drogas junto com a equipe médica.

O farmacêutico também pode contribuir com a equipe multidisciplinar no processo de comunicação.

O profissional fornece informações sobre farmacocinética, farmacodinâmica, doses usuais, formas e vias de administração, doses máximas, toxicidade acumulativa, incompatibilidades físicas e químicas com outras drogas e estabilidade de medicamentos.

O que faz um farmacêutico oncologista?

Em oncologia, o farmacêutico é o principal instrumento para a qualidade da farmacoterapia. 

Suas atribuições excedem a simples dispensação da prescrição médica, ou ainda a manipulação propriamente dita.

Sua atuação é importante em várias etapas da terapia antineoplásica, confira algumas das responsabilidades do farmacêutico oncologista:

  • Seleção e padronização de medicamentos e materiais
  • Auditorias internas
  • Informação sobre medicamentos
  • Manipulação dos agentes antineoplásicos
  • Farmacovigilância
  • Educação continuada e participação em comissões institucionais

Dentro de cada um destes papéis o profissional farmacêutico oncologista realiza diferentes atividades.

Confira algumas atividades executadas pelo farmacêutico oncológico:

  • Manualização dos procedimentos técnicos
  • Aquisição e avaliação técnica dos medicamentos, insumos farmacêuticos e produtos para saúde
  • Normatização dos procedimentos de recebimento, transporte, armazenamento e conservação dos medicamentos, insumos e produtos para saúde
  • Análise da prescrição médica, cálculo de doses, escolha dos diluentes e embalagens adequadas
  • Preparo dos medicamentos, contemplando todas as etapas do processo
  • Gerenciamento e manejo dos resíduos de risco
  • Organização da área física, equipamentos de proteção individual e coletiva, bem como equipamentos
  • Procedimentos, registro e notificação de acidentes ambientais e pessoais
  • Estabelecimento do plano de garantia e controle de qualidade
  • Estabelecimento de técnicas de biossegurança, identificando os momentos e situações de risco
  • Registro de horas de manipulação, exposições agudas e crônicas
  • Ensino e educação permanente para o corpo técnico (farmacêuticos) e de apoio (auxiliares)
  • Educação continuada
  • Participação em comissões (Farmácia e Terapêutica, Infecção Hospitalar, Biossegurança, CEP, Comitê de qualidade, 
  • creditação, entre outras)
  • Participação na equipe multiprofissional de assistência ao paciente oncológico
  • Atuação em pesquisa básica e clínica
  • Preparo de radiofármacos
  • Atenção farmacêutica em oncologia
  • Farmácia clínica em oncologia
  • Farmacotécnica de medicamentos especiais para oncologia
  • Farmacovigilância
  • Cuidados paliativos em pacientes oncológicos
  • Participação na clínica da dor, acompanhando o uso racional de opióides
  • Assistência domiciliar (home care) ao paciente oncológico
  • Gestão empresarial e marketing
  • Consultoria

Como o farmacêutico oncologista ajuda a sociedade?

O profissional auxilia a equipe multidisciplinar ao melhor tratamento para os pacientes. 

Através do conhecimento técnico deste profissional, os pacientes podem ter uma melhor qualidade de vida e em muitos os casos a exclusão da neoplasia.

Além disto, é do profissional farmacêutico oncologista que vem o preparo dos antineoplásicos, o controle de qualidade, e a escolha de produtos.

O farmacêutico também tem possui tamanha importância contribuído com a orientação de alta tirando dúvidas dos pacientes.

Quais dificuldades encontraríamos se não existisse o farmacêutico oncologista?

Haveria uma demora no tratamento e a resposta ao tratamento, por não saber como os medicamentos agem, atuam e como o organismo reage ao fármaco e suas consequências. 

Poderia acontecer de ser aplicada uma terapia errada para determinado paciente, ou doses erradas de medicamentos.

Não seria possível também a farmacodinâmica e farmacocinética, sem avanços com fármacos e com as terapias.

O que precisa para ser um farmacêutico oncologista?

Primeiramente, e um tanto óbvio, é preciso ser formado no curso de graduação em farmácia. 

Depois o profissional precisará de algumas especializações. 

Especialização em farmácia hospitalar ou assistência farmacêutica é muito importante para quem pretende se destacar na profissão. 

Existe também a opção de cursar uma pós-graduação em farmácia clínica.

Para atuar na oncologia, os farmacêuticos deverão, obrigatoriamente, ser detentores de titulação mínima ou comprovar cinco anos ou mais de atividade profissional nesta área. 

São reconhecidos como válidos para o exercício dessa prática farmacêutica os títulos emitidos pela Sociedade Brasileira de Farmacêuticos de Oncologia (Sobrafo), de pós-graduação lato sensu em oncologia reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e de residência em oncologia em programas credenciados pelo MEC ou Ministério da Saúde.

O tempo de graduação é de 5 anos. 

As especializações duram em média 2 anos.

A carreira e o salário do farmacêutico oncologista

A carreira farmacêutica especializada em oncologia é bastante valorizada no mercado e permite ao profissional atuar em hospitais filantrópicos, públicos e privados.

Devido à complexidade dos procedimentos envolvidos nesta carreira, a maioria das oportunidades profissionais estão em cidades de médio e grande portes.

Estas cidades possuem estrutura hospitalar capaz de receber pacientes acometido pelos mais diversos tipos de câncer.

Segundo o site Salario.com.br, o profissional farmacêutico oncologista pode inicar com um salário de em média R$3.780,75.

Este valor é para o mercado de trabalho brasileiro em uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Segundo o mesmo site o profissional pode vir a ganhar em média R$4.956,00. 

Mas sabemos que o salário poderá sempre variar de acordo com a área de atuação, experiência na área, indústria, cidade onde mora, cursos e capacitações, etc.

No post de hoje

No post de hoje falamos sobre a área da oncologia, o que ela estuda e a importância dela para a saúde das pessoas.

Fizemos uma ligação com o profissional farmacêutico oncologista, que possui papel fundamental em nossas vidas. 

Pois sem este profissional muitos pacientes teriam dificuldades em seus tratamentos ou até mesmo correriam risco de vida.

Fale para nós o que você achou desta publicação, as informações aqui compartilhadas foram úteis para você? 

Qual a sua área de atuação como profissional? Deixe seu comentário abaixo. 

Ficamos por aqui, forte abraço e até a próxima.

Não vá embora ainda...

Conte para nós o que você achou deste conteúdo

Cadastre-se gratuitamente em nossa lista de leitores e seja notificado com exclusividade a cada novo post ou material publicado.

WhatsApp chat