[gtranslate]

Como os hábitos alimentares interferem em nossa qualidade de vida

O que é Mapeamento Térmico - Conehça os benefícios do mapeamento térmico - Doctor Quality - 13-02-2019
Mapeamento Térmico na armazenagem de medicamentos
13/02/2019
Auditoria Interna e Externa, aplicabilidade e características - header
Auditoria Interna e Externa, aplicabilidade e características
16/05/2019
Como os hábitos alimentares interferem em nossa qualidade de vida - header

Como os hábitos alimentares interferem em nossa qualidade de vida

Desde os primórdios da existência humana, se sabe da importância do alimento para corpo.

Uma boa alimentação resulta no individuo uma vida saudável.

Se não nos alimentarmos corretamente, não teremos força para exercer as atividades do dia-a-dia.

Portanto, a importância de hábitos alimentares saudáveis, fornece, ao organismo nutriente necessário para seu funcionamento perfeito.

Uma alimentação balanceada deve conter frutas, cereais, verduras, legumes, carnes leites e integrais.

Agora o individuo precisa entender que alimentar-se em excesso, não significa alimentar-se bem.

Partindo deste princípio, hoje você aprenderá como se alimentar bem e ter uma boa qualidade de vida, a seguir falaremos dos benefícios de alguns alimentos, confira:

Como os hábitos alimentares interferem em nossa qualidade de vida

Bons hábitos alimentares interferem em nossa qualidade de vida pois fornecem os nutrientes necessários para que nosso corpo tenha energia suficiente para as atividades do dia-a-dia.

Alguns alimentos possuem os nutrientes ideais para nosso corpo são:

  • As frutas
  • Os cereais
  • A carne
  • Legumes e verduras, etc.
alimentos que fornecem nutrientes cruciais para o corpo humano
Alimentos que fornecem nutrientes cruciais para o corpo humano.

Os benefícios das frutas para o corpo é fundamental, pois algumas são ricas em vitaminas A,B,C,D,E,K em potássio, cálcio, magnésio, ferro, fósforo e zinco.

Cada fruta tem sua importância podendo auxiliar no combate de doenças como alergias, gripe, cãibras, dor de cabeça, hipertensão e outras doenças autoimune.

Outra fonte de alimentação são os cereais que são grãos inteiros fontes de fibras, nutrientes minerais como amaranto, linhaça, quinoa, chia, aveia, milho, cevada, arroz, trigo e centeio.

Um dos cereais citados menos conhecido no Brasil é o amaranto considerado pelos especialistas como um superalimento.

Os benefícios do amaranto para o corpo é de alto valor nutricional, resultando em diversos benefícios a saúde.

Já as verduras e legumes não podem faltar na mesa do individuo, porque são ricos também em vitaminas, fibras e minerais.

Os órgãos de saúde informam que esses alimentos devem ser ingeridos todos os dias no mínimo três porções por dia em conjunto com as frutas.

Por que consumi-las todos os dias? Por que contém, nutrientes importantes onde mantem o corpo saudável protegido de doenças.

Uma alimentação rica em frutas, verduras e legumes segundo os estudiosos, pode reduzir significativamente o aparecimento do câncer em 60 a 70%.

Carnes e leites também não podem faltar numa alimentação saudável.

Ao contrário do que dizem que carne vermelha faz mal só quando consumida em excesso.

A carne é uma fonte de proteína e a maior fonte de cinco importantes vitaminas: tiamina, niacina, riboflavina, vitaminas B6 e B12.

Além disso, contribuem com minerais, principalmente o ferro e o zinco.

Leites e integrais – o leite é uma das bebidas mais consumidas em todo mundo.

O consumo de leite aumenta a resistência óssea e da suavidade a pele.

Fortalece o sistema imunológico e fortifica os dentes.

Devido às propriedades nutricionais do leite é que o mesmo é incluído na alimentação do bebê.

Por último, os integrais são de suma importância por ser um alimento que não passa por processo de industrialização.

O individuo consumirá na sua estrutura natural.

A alimentação correta nos dá longevidade, ou seja, nos permite envelhecer com mais saúde.

É sabido, que hábitos alimentares interferem na saúde mental.

Hoje no Brasil a maioria das pessoas aderiu à famosa “comida rápida” (fast-food), que pode ser adquiridas em qualquer lugar.

Quem nunca viu um carrinho de cachorro-quente parado em sua rua ou até mesmo frente ao seu local de trabalho.

O problema é que não se sabe a procedência desses alimentos. Como são feitos? Se estão no prazo de validade?

E o auto teor de gorduras saturadas que consumidas diariamente pode ocasionar sérios danos à saúde.

Para evitar esses alimentos ricos em calorias e sem nutriente nenhum, é iniciar a influência de o hábito alimentar na formação do paladar das crianças.

Dessa forma, o individuo cresce proporcionando ao corpo os nutrientes necessários resultando numa qualidade de vida melhor.

É importante entender os fatores que influenciam nossos hábitos alimentares.

A importância de hábitos alimentares saudáveis

Com o acelerado desenvolvimento tecnológico, o homem passou a ter menos tempo para hábitos alimentares saudáveis.

O consumo de comidas rápidas aumentou consideravelmente no mundo, e claro, junto veio alto índice de doenças.

Antigamente, um individuo só adoecia depois dos 40 anos.

Hoje com o excesso de comidas industrializadas doenças como diabete, hipertensão e obesidade surge em pessoas com faixa etária de 8 à 12 anos.

É assustador. Crianças que levam uma vida sedentária em frente de videogames, computadores e celulares tem suas vidas atreladas a obesidade.

Hoje não se vê crianças exercendo atividades físicas correndo, jogando, praticando esportes.

A criança é controlada por adultos, então são eles que devem proporcionar uma educação alimentar.

Incentivar o hábito de comer frutas, sucos naturais diretamente da fruta, alimentação ricas em potássio, cálcio e vitaminas porque estão em fase de crescimento.

Alimentos ricos em gorduras (hambúrguer, cachorro-quente, coxinhas e outros derivados) açúcar (pudim, bolos, biscoitos) sal (salgadinhos) corantes artificiais (refrigerantes) e conservantes na composição dos alimentos industrializados.

O consumo diário desses alimentos desencadeiam doenças crônicas.

Os pais tem uma parcela de culpa porque também faz uso desses maus hábitos alimentares.

Mas nem tudo está perdido, é hora de mudar e os pais junto com seus filhos devem começar consumindo sucos, colocar mais ingredientes no almoço principalmente nas refeições das crianças como espinafre, linhaça, peixes, soja e água muita água.

Tanto o adulto quanto a criança deve ter o hábito de tomar água diversas vezes ao dia porque a água é a que conduz os nutrientes, oxigênio e sais minerais para as células.

Praticar esportes e exercícios físicos são o meio mais barato e eficaz para garantir uma vida saudável.

A influência de o hábito alimentar na formação do paladar das crianças

Quando se trata de alimentação na fase inicial da criança é necessário ter cuidado, pois a criança ingere um alimento pelo paladar ao contrário do adulto que pode não gostar do que vai ser consumido mas, está ciente de que aquele alimento é necessário para a saúde do organismo e corpo.

Quando a criança chega a fase onde o organismo necessita de mais um alimento que complemente o leite é nesse estágio que os pais devem começar com alimentos nutrientes.

A famosa papinha e sopinha.

O organismo de um bebê começa a dar sinais de mais nutrientes a partir de 05 a 07 meses de idade.

A alimentação mesmo em forma de polpa deve conter ferro, pois essa proteína auxilia na defesa imunológica do organismo.

Portanto, as mamães ao fazer a papinha devem acrescentar carnes, frangos, brócolis, beterraba, couve, feijão.

Durante o crescimento da criança as mães devem acrescentar alimentos que contem zinco porque esse mineral é responsável pelo sistema de imunidade, ou seja, protege a criança contra infecções.

Não poderia faltar as vitaminas A, D, E e K.

Promove pele saudável, boa visão, aumento do cálcio e crescimento ósseo e celular e auxilia na coagulação sanguínea.

Não deixe de acrescentar nas refeições dos bebês cenoura, espinafre, batata-doce, abóbora e cenoura.

Na hora de preparar a papinha ou a sopinha do seu bebê abuse na alimentação natural e evite os industrializados.

Não esquecer que as refeições do bebê deve acontecer de três em três horas para que o organismo tenha tempo de absorver os nutrientes.

É comprovado que quando obtemos hábitos alimentares saudáveis na infância muito difícil na fase adulta mudar a dieta.

Hábitos alimentares interferem na saúde mental

Quando ingerimos alimentos saudáveis não só o organismo e o corpo são privilegiados.

A mente também é beneficiada.

Quando ingerimos alimentos ricos em gorduras saturadas, conservantes e alimentos industrializados, os mesmos alteram o metabolismo hormonal interferindo no sistema emocional.

As mulheres são as que sofrem mais por possuir vários hormônios.

Começa a desencadear tristeza, raiva, depressão, ansiedade, dificuldades de relacionamentos, baixo autoestima.

Vale ressaltar que o funcionamento cerebral depende de aminoácidos, vitaminas, gordura e minerais.

Esses nutrientes ajudam no funcionamento intelecto do individuo proporcionando uma boa saúde mental.

Um dos alimentos que contribui para um bom funcionamento do cérebro é o peixe.

Esse alimento é responsável pela memória e cognição evitando a doença de Alzheimer.

Alimentos saudáveis ingeridos corretamente, ajudam a prevenir infecções.

Devemos fazer uso de frutas frescas por serem fornecedoras de glícidos, vitaminas, minerais e fibra alimentar.

As frutas melão uva, maçã, romã, figo, ameixa, pêssego, melancia, pera e cerejas são excelentes para o cérebro.

Já os hortícolas são essencialmente fornecedores de vitaminas, minerais e fibra alimentar.

Mais atenção os hortícolas devem ser consumidos 2 porções a cada refeição principal seja crus ou cozinhados.

Os tubérculos são fornecedores de hidratos de carbono.

O feijão, arroz, legumes, carnes e frangos não podem faltar em nosso dia-a-dia.

Os flavonoides são encontrados em frutas, legumes, especiarias e grãos.

Posuem um alto poder antioxidante, que auxilia no equilíbrio fisiológico do Sistema Nervoso Central ao inibir o estresse oxidativo.

Têm ótima resposta no tratamento de esquizofrenia e depressão.

O ômega 3 encontrados nos peixes é formado por ácidos graxos poli-insaturados que atuam na atividade neuromodulatória e neurotransmissora.

Comidas que possui ferro é importante para o cérebro pois sua deficiência pode ocasionar Déficit de Atenção mas conhecido com hiperatividade.

Portanto, não devemos deixar de comer carne vermelha, vegetais verde-escuros (brócolis, espinafre e couve) e leguminosas (grão-de-bico, lentilha, ervilha e feijão).

Uma das vitaminas que não pode faltar em nossa alimentação é a Vitamina B12 encontrada em alimentos de origem animal – como peixes, carnes, ovos, queijo e leite, ela é importante para a manutenção neurológica.

Fatores que influenciam nossos hábitos alimentares

Existem diversos fatores que influenciam nossos hábitos alimentares, mas citaremos cinco essenciais como ambiente familiar, tendências sociais, mundo virtual, influência de amigos e enfermidades e doenças.

O brasileiro possui um vinculo forte com o que conhecemos de influencia cultural.

Possuímos hábitos que foram passados de avós, para pais e depois para filhos.

Não poderia ser diferente com o hábito alimentar.

Quem já não ouviu frases como – “Adoro comer isso porque meus avôs deram para meus pais e eles passaram para mim”.

A chamada tradição alimentar.

As atitudes alimentares podem ser fortes prenunciador das preferências e aversões alimentares.

Outro fator que aparentemente, é simples, mas, é bastante importante no hábito alimentar, é realizar refeições junto com os outros membros da família.

Hoje devido ao corre-corre do dia a dia está quase extinto esse hábito.

Especialistas da área de saúde afirmam que o hábito de realizar refeições em família consomem mais frutas e verduras evitando frituras e bebidas industrializadas.

Tendências sociais hoje por incrível que pareça, afetam muito na saúde de crianças e adolescentes porque os pais não tem como controlar o que se come em creches e escolas resultando em doenças.

Os pais devem sim, observar, conversar com filhos, educadores, e exigir refeições mais nutritivas a suas crianças para que as mesmas cresçam com saúde e adquira o hábito alimentar saudável.

O mundo virtual hoje é uma febre mundial. Sociedade presas ao mundo da tecnologia resultando numa influência negativa para saúde.

Crianças presas às redes sociais, jogos e essas ações não casam com alimentação saudável.

Refeições nutritivas servidas em um ambiente seguro e higiênico, que promova crescimento e desenvolvimento saudáveis.

A influência de amigos quando os mesmos não tem um hábito alimentar saudáveis pode influenciar negativamente gerando atitudes e escolhas alimentares errados.

E por último as vezes enfermidades e doenças afetam o hábito alimentar saudável.

Doentes geralmente têm menos apetite e ingerem menos alimentos.

As enfermidades virais ou bacterianas agudas são frequentemente de curta duração, mas podem necessitar de mais líquidos, proteína ou outros nutrientes.

As condições crônicas como asma, diabetes tipo 1 ou doença renal crônica, podem dificultar a obtenção de nutrientes suficientes para um organismo saudável.

Sabemos o quão difícil é mudar os hábitos alimentares, mas quando nos permitimos mudar com o tempo veremos os benefícios que uma alimentação correta é capaz de gerar no organismo.

Então, agora você está convencido que alimentar-se bem é extremamente importante?

O alimento é e será essencial para a vida ajudando no bom funcionamento do organismo.

Alimentação correta é aquela que é ingerida na quantidade e variedade adequadas.

Uma boa alimentação resulta na prevenção e tratamento de doenças cardíacas que é a maior causa de mortes.

Previne o câncer, obesidade, diabetes e hipertensão sem contar no menor risco de incidência de doenças crônicas.

Mas toda alimentação deve ser ingerida com prudência porque tudo de mais ou de menos ocasiona doenças.

Fazer exercícios ajuda a deixar o corpo resistente dentro do metabolismo correto.

Não devemos abusar do sal, gorduras. É claro que podemos comer um hambúrguer, pizzas, sorvetes uma ou duas vezes mais não tornar essas alimentações frequentes em nosso cardápio.

Se você gostou do artigo de hoje, deixe seu comentário dizendo o que você achou. Conhece outras dicas que poderiam incrementar este post? Comente aí!

Se você tiver sugestões de temas para os próximos artigos também deixe nos comentários.

Confira também este nosso outro artigo sobre desnutrição, e descubra quais doenças infecciosas ela pode causar!

Forte abraço!


Fonte(s):

https://guiadacozinha.com.br/confira-beneficios-frutas/

http://www.sermelhor.com.br/saude/habito-alimentar-e-qualidade-de-vida.html

http://seletti.com.br/saiba-qual-a-diferenca-entre-legumes-e-verduras/

http://ser.vitao.com.br/amaranto-conheca-seus-beneficios-para-a-sua-saude/

http://ser.vitao.com.br/graos-e-cereais-conheca-os-beneficios-para-saude/

https://www.queroviverbem.com.br/verduras-e-legumes/

http://planetaorganico.com.br/site/index.php/a-importancia-da-qualidade-da-carne-e-do-leite-seusprincipais-beneficios-e-riscos-para-o-consumidor/

https://www.natue.com.br/natuelife/alimentos-integrais-beneficios-e-propriedades-para-saude.html

https://g1.globo.com/bemestar/noticia/2019/02/25/cinco-razoes-para-comer-menos-carne.ghtml

https://www.mundoboaforma.com.br/16-beneficios-do-leite-para-que-serve-e-propriedades/

http://www.sbcm.org.br/v2/index.php/artigo/753-a-importancia-de-bons-habitos-alimentares

https://omanualdaspapinhas.com/papinhas-salgadas-nutritivas/

https://educacao.estadao.com.br/blogs/blog-dos-colegios-bis/a-importancia-de-uma-alimentacaosaudavel-na-infancia/

http://dombarreto.g12.br/portal/?p=11412

https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Saude/noticia/2014/08/seu-cerebro-muda-se-voce-comepeixe.html

http://www.saudemental.pt/alimentacao/4593078709

https://www.minhavida.com.br/alimentacao/materias/4748-entenda-os-hormonios-femininos

http://www.blog.saude.gov.br/index.php/promocao-da-saude/52237-habitos-alimentares-saodeterminantes-para-a-manutencao-da-boa-saude

https://www.leonardomaranhao.blog.br/single-post/2017/03/29/Nutri%C3%A7%C3%A3o-e-Sa%C3%BAdeMental

https://www.rebeccacoutinho.com/single-post/2016/11/29/Os-5-fatores-que-influenciam-aingest%C3%A3o-alimentar-e-os-h%C3%A1bitos-das-crian%C3%A7as

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Chame via Whatsapp