Como faço para abrir uma farmácia?

Como faço para abrir uma farmácia?

Cadastre-se gratuitamente em nossa lista de leitores e seja notificado com exclusividade a cada novo post ou material publicado.

Abrir uma farmácia pode ser uma excelente opção de negócio para 2020 e também os próximos anos. Eis então que surge a dúvida: “Como faço para abrir uma farmácia?“.

Essa dúvida é bastante comum não somente por profissionais farmacêuticos que desejam montar uma farmácia ou drogaria, mas também por empreendedores que resolvem querer apostar neste nicho.

Por isto neste artigo vamos responder esta grande dúvida para deixar você mais seguro com relação a abertura de uma farmácia. 

Também reunimos aqui outros pontos importantes que você deve saber antes de começar a montar seu empreendimento.

Estes pontos também geram dúvidas por isto ficando até o final deste artigo hoje você sairá rico em informações e pronto para começar a abertura de sua farmácia

Vamos lá? 

Documentos necessários para abertura de uma Farmácia

  • CNPJ
  • Cópia autenticada do RG e CPF
  • Certificado de regularidade do CRF
  • Folha espelho do IRPF
  • IPTU do imóvel
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda
  • Alvará de funcionamento

Estes são alguns dos documentos necessários para abertura de uma farmácia

Possuirá uma variação de cidade para cidade podendo ou não haver a inclusão de outros documentos específicos.

Mas além dos documentos existem outras coisas extremamente importantes que você deve ter conhecimento, antes de querer abrir o seu negócio.

Estas estão relacionadas a conhecimento administrativos, estratégicos, know-how sobre o mercado, etc.

Diante disto separamos uma lista de itens que seria desejável você dominar para abrir sua farmácia, são eles: 

  • Conheça o mercado
  • Descubra como se diferenciar dos seus concorrentes
  • Encontre fornecedores confiáveis
  • Defina o investimento inicial e de onde virá os recursos
  • Defina o perfil de cliente que pretende atender
  • Construa um site profissional e faça uma otimização de marketing digital local para trazer mais clientes
  • Defina seu mix de produtos
  • Escolha o ponto comercial
  • Recrute e selecione a equipe de trabalho
  • Planeje a estrutura do ponto físico
  • Procure um contador para abrir a empresa

Ao realizar todos estes pontos seu negócio de fato irá começar com o pé direito. 

E sua farmácia terá todos os motivos para ter muito sucesso.

Na sequência vamos falar mais sobre o mercado farmacêutico no Brasil, o que já poderá ajudar você com o primeiro item da lista anterior: conhecimento sobre o mercado.

O Mercado Farmacêutico no Brasil

O SEBRAE revelou em 2017 alguns dados sobre o mercado farmacêutico no Brasil, nestes dados consta que as farmácias e drogarias movimentam em torno de 62 bilhões de dólares por ano.

O Brasil possui mais de 75 mil farmácias, sendo o maior no mundo. Além disto nosso país também é o 4º no ranking mundial sobre mercado de medicamentos.

Será que somos o país que mais consome medicamentos?

Abaixo listei alguns dos motivos para este crescimento volumoso, confira: 

  • Envelhecimento da população
  • Aumento da demanda do mercado de remédios
  • Aumento da demanda por medicamentos genéricos
  • Aumento do consumo das Classes C e D

O mercado demonstra que continuará crescendo nos próximos anos, assim sendo se você pretende abrir uma farmácia terá um segmento promissor.

Em 2018 com relação a 2017 a estimativa de crescimento do faturamento foi de até 9,3%.

Um fato muito importante que não podemos deixar de mencionar é que o consumidor brasileiro valoriza muito a presença do farmacêutico nas farmácias. 

Já fica como dica para você que deseja saber o que fazer para abrir uma farmácia.

A ABRAFARMA, Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias já previa há alguns anos atrás que o profissional farmacêutico teria cada vez mais um papel de destaque nos anos seguintes.

Isto ainda é realidade e este papel continua sendo cada vez mais importante.

O profissional farmacêutico que antes era conhecido apenas por interpretar as prescrições médicas, agora exerce diferentes atividades dentro da farmácia.

Exemplos delas são: 

  • Aplicar conhecimentos de consultórios farmacêuticos
  • Acompanhar tratamentos dos pacientes prescritos pelos médicos
  • Aplicação de vacinas, etc

Procure ficar sempre por dentro do mercado farmacêutico para que o seu negócio se mantenha sempre atualizado e com um potencial competitivo muito forte.

Conheça a seguir um pouco mais sobre o perfil do cliente, etapa importante na resposta para a pergunta “como faço para abrir uma farmácia”.

O perfil do cliente

Apenas 16% da população enxerga a farmácia como um estabelecimento de saúde, no mesmo sentido do que postos de saúde e hospitais, é o que aponta uma pesquisa divulgada pelo ICTQ/Datafolha.

Muitas pessoas acabam associando as farmácias como lojas de conveniência, minimercados, lojas de cosméticos, e não um estabelecimento que cuida da saúde das pessoas.

Esta mesma pesquisa apontou também três fatores levados em consideração pelo público, ao escolherem uma farmácia, são eles:

  • A localização,
  • o Atendimento, e
  • o preço

A pesquisa ainda mostra que a maioria das pessoas procuram nestes estabelecimentos por medicamentos, e depois por produtos de higiene e cosméticos, respectivamente nesta ordem.

 Mais dados da pesquisa realizada pelo ICTQ/Datafolha você pode verificar na lista abaixo:

  • 70% exercem atividade remunerada
  • Apenas 23% possuem ensino superior
  • 39% estão na Classe B e 48% estão na Classe C
  • 55% são homens e 45% mulheres
  • 65% dos clientes tem entre 26 e 59 anos

Com informações como esta você consegue conhecer melhor o seu público-alvo, entenderá mais sobre o comportamento do mesmo e poderá direcionar suas estratégias de venda.

A concorrência

Nós encontramos alguns fatores interessantes sobre o que vem acontecendo no mercado farmacêutico, para você que deseja saber como abrir uma farmácia, confira:

  • Distribuição direta de medicamentos por planos de saúde
  • Aumento da concorrência
  • Vendas pela internet
  • Regulação bastante rígida dos órgãos públicos
  • Aumento da venda de produtos falsificados

São pontos bons e ruins, mas que servem para você ter uma noção do que irá “enfrentar” e desta forma já poder traçar um planejamento para superar sua concorrência. 

Uma curiosidade sobre as farmácias, seus futuros concorrentes, é que geralmente farmácias pequenas tem dificuldade na manutenção de estoques grandes e pouca diversidade de produtos.

Fique sempre atento na divulgação, muitos estabelecimentos em geral ainda não se deram conta do potencial que existe na internet, se realizado um trabalho profissional de marketing digital. 

Isto se torna uma vantagem ainda maior quando comparados com outros meios de propaganda, como a TV, Outdoor, Rádio, etc, que além de serem extremamente caros não permitem que você faça uma segmentação detalhada e mensure os resultados.

Em um conteúdo futuro falaremos mais sobre o trabalho de marketing digital para o mercado farmacêutico. 

Uma dica extra para encerrar este bloco é que você não deixe de visitar as drogarias e farmácias da sua região. Assim você poderá estar pesquisando preços, observando o atendimento, a disposição dos produtos e também a variedade dos mesmos.

Fornecedores, produtos e serviços

As farmácias e drogarias do Brasil costumam disponibilizar para a população, além dos medicamentos controlados, genéricos e outros, os chamados MIPs, que são medicamentos que possuem isenção de prescrição.

O crescimento nas vendas desse tipo de medicamento é grande e cada vez aumenta mais.

Mais de 33% das vendas em drogarias e farmácias se dão também por produtos de conveniência.

O STF autorizou que as drogarias comercializassem produtos de conveniência, e assim o empreendedor que precisa saber como abrir uma farmácia, sabe que poderá aumentar seu mix de produtos.

Fique atento aos fornecedores, é muito importante que você encontre fornecedores confiáveis e íntegros. 

Aliás esta é uma recomendação para qualquer tipo de negócio que precisará de fornecedores.

A estrutura

A legislação brasileira farmacêutica determina que a estrutura do estabelecimento deve estar em conformidade com algumas regulamentações, e possuir dentro do seu espaço físico ambientes específicos capacitados para as seguintes atividades:

  • Recebimento de produtos
  • Armazenamento/Estoque
  • Exposição de medicamentos
  • Atividades administrativas
  • Depósito de material de limpeza e sanitário

O estabelecimento no geral, seja sua área interna como também externa, deve estar sempre limpo e protegido da entrada de insetos, roedores e outros animais. 

Serviços farmacêuticos devem ser realizados em um ambiente próprio, diferente daquele escolhido para exposição de produtos e circulação de pessoas em geral.

Além destas coisas existem outros pontos que a farmácia precisa respeitar, são eles:

  • Possuir equipamentos de combate a incêndio
  • Possuir piso, paredes e teto lisos e impermeáveis, sendo fáceis de lavar
  • Ambiente ventilado e bem iluminado, sendo a ventilação e iluminação compatíveis com a atividade de cada ambiente

A resolução que determina as condições sobre a estrutura de drogarias e farmácias é a RDC nº 328/01, consulte para saber mais sobre as questões de instalação da sua drogaria ou farmácia.

Você também pode consultar a Doctor Quality, que presta consultoria na área farmacêutica, o time de especialistas da Doctor irá lhe orientar sobre tudo que você precisar saber neste assunto.

Equipe de trabalho

Outro ponto crucial para você estudar e entender como fazer para abrir uma farmácia é a escolha da equipe de trabalho.

Não é fácil trabalhar com pessoas e gerenciá-las. Saber fazer isto corretamente impactará diretamente nos resultados do seu negócio.

Você precisa garantir de que seu time de colaboradores seja comprometido e qualificado, desta forma o seu negócio poderá ter muito sucesso.

Afinal isto impactará em diversos fatores como o atendimento, controle de estoque, reposição de produtos, organização, limpeza, vendas, produtividade, etc.

Você precisa obviamente ter um profissional farmacêutico no local, além dele, se você for abrir um estabelecimento pequeno, poderá começar com dois vendedores e um gerente (que pode ser você).

Sobre os salários que você deverá pagar aos seus colaboradores, recomendamos que você fique atualizado conforme a Convenção Coletiva do Sindicato dos Trabalhadores da área.

Este artigo fala sobre o salário do profissional farmacêutico em 2020.

Ponto: onde abrir sua farmácia?

O ponto, local onde você irá montar sua drogaria ou farmácia, é uma escolha crucial para o sucesso do seu negócio.

Esta escolha pode determinar o sucesso ou o fracasso do seu empreendimento, por isto preste muita atenção nesta etapa.

A OMS, Organização Mundial da Saúde, recomenda que a área de abrangência de uma farmácia ou drogaria, tenha nos arredores em torno de 10 mil pessoas.

Quando você for escolher o ponto para abrir a sua farmácia, observe se ao redor não existem muitas outras farmácias já instaladas. 

O tráfego de pessoas que circulam a pé no local também é muito importante. 

É preferível um local onde bastante pessoas passem diariamente.

Abaixo listei algumas dicas para você levar na hora de escolher o ponto para abrir sua farmácia, confira: 

  • Perfil do público consumidor local
  • Densidade populacional
  • Concorrência local
  • Segurança do local e da região
  • Circulação de pessoas no local, prefira locais movimentados como centros comerciais, locais próximos a hospitais, calçadões, estações e plataformas, clínicas e consultórios médicos.
  • Confira se o local atende as exigências e restrições para a instalação do estabelecimento

Seguindo estas dicas você sem dúvidas escolherá um bom ponto para abrir sua farmácia. 

Qual a diferença entre Farmácia e Drogaria?

As farmácias são estabelecimentos caracterizados pelo comércio de medicamentos, dispensação, insumos farmacêuticos, entre outros. 

Além disto as farmácias ainda atuam com a manipulação de medicamentos, fórmulas magistrais e oficinais. 

Já as drogarias podem comercializar da mesma forma que as farmácias, porém estas não atuam com manipulação.

Tudo isto está na lei nº. 5.991, de 17 de dezembro de 1973, responsável por determinar o controle sanitário do comercio de medicamentos.

A seguir confira alguns tipos de estabelecimentos.

Farmácias Drugstore

Segundo a lei nº 9.069 de 1995, estes tipos de farmácias são estabelecimentos que comercializam diversos tipos de mercadorias. Eles dão ênfase para mercadorias de primeira necessidade, como:

  • Alimentos em geral
  • Produtos de higiene e limpeza
  • Produtos domésticos

Estes estabelecimentos podem funcionar em qualquer período do dia e da noite, também muito comum funcionarem em domingos e feriados. 

Postos de medicamentos

Em lugares onde não há a presença de farmácias ou drogarias, os postos de medicamentos funcionam como locais onde é feita a venda de medicamentos industrializados. 

Estes medicamentos são comercializados em suas embalagens originais. 

Os mesmos são registrados pelo Ministério da Saúde.

Por fim existem também os dispensários de medicamentos, estes normalmente funcionam como um setor dentro de uma unidade hospitalar, por exemplo. 

Quem pode dispensar medicamentos?

A lei de número 5.991/73, de 1973, regulamentou que a responsabilidade técnica em estabelecimentos que tivessem como objetivo a dispensação de medicamentos, fosse do profissional farmacêutico.

Desta forma o único profissional que pode legalmente ter a atribuição de dispensar medicamentos. 

O profissional farmacêutico está presente no momento da compra, no transporte, ele é responsável pelo cuidado correto no armazenamento e por fim na dispensação dos medicamentos.

E além disto o profissional farmacêutico ainda poderá orientar o paciente com relação a utilização do medicamento e o tratamento.

O mercado farmacêutico nos próximos anos

Um dos pontos com mais relevância para o mercado farmacêutico é que as pessoas no Brasil estão envelhecendo em um ritmo acelerado. 

A estimativa é que para as próximas 3 décadas aproximadamente 20% da população sejam pessoas com 65 anos ou mais.

Diante deste cenário imagina-se que o Brasil nos próximos anos seja um país que cada vez mais possuirá grande demanda por medicamentos e serviços de saúde.

Com isto estima-se que as indústrias farmacêuticas, distribuidoras e varejistas irão ter um grande faturamento no mercado brasileiro nos próximos anos. 

Com um país onde sua população cresce e envelhece, as projeções são positivas para o mercado farmacêutico nos próximos anos.

E você, o que espera deste e dos próximos anos para o mercado farmacêutico? Se você for farmacêutico conte sua experiência no trabalho e deixe nos comentários quais são suas expectativas para o mercado farmacêutico nos próximos anos. 

Por hoje ficamos por aqui, se você gostou deste artigo não se esqueça também de compartilhá-lo com quem você se importa. 

Para isto basta clicar nos botões sociais mais abaixo. 

E para encerrar fique com um vídeo que trás dicas para abertura de negócios em geral, e que pode lhe ajudar na busca sobre como faço para abrir uma farmácia.

Forte abraço e até a próxima.

Não vá embora ainda...

Conte para nós o que você achou deste conteúdo

Cadastre-se gratuitamente em nossa lista de leitores e seja notificado com exclusividade a cada novo post ou material publicado.

WhatsApp chat