Como funciona a Auditoria de Fornecedores? Entenda.

Como funciona a Auditoria de Fornecedores? Entenda.

Cadastre-se gratuitamente em nossa lista de leitores e seja notificado com exclusividade a cada novo post ou material publicado.

 

Fabricantes de matérias-primas, equipamentos e demais produtos devem passar pela auditoria e qualificação de fornecedores

Este processo tem como objetivo confirmar que tal fabricante, ou até mesmo uma transportadora, é confiável e cumpre com os requisitos.

A qualidade dos fornecedores precisa ser comprovada e garantida para que seus produtos e serviços possam ser fornecidos às indústrias que fabricam medicamentos, cosméticos e saneantes, e também para que possam transportar os produtos fabricados por estas empresas. 

Para que você possa entender mais sobre a auditoria e qualificação de fornecedores, leia este conteúdo até o final. Confira o que vem por aí: 

Como você já sabe, sem mais delongas, vamos ao que interessa.

 

Auditoria de Fornecedores

A Auditoria de Fornecedores é um processo de qualificação e validação dos produtos ou serviços contratados de terceiros pela sua empresa. 

Este procedimento é extremamente importante na cadeira de fornecimento, ele surgiu quando começou, por parte das empresas, existir a necessidade de controlar a qualidade de seus fornecedores. 

Na auditoria de fornecedores, os processos de produção, armazenamento, transporte, distribuição e embalagem precisam estar dentro dos padrões de qualidade exigidos.

Por isto, o procedimento de qualificação e validação irá garantir que tudo esteja dentro destes padrões.

A ANVISA obriga que todas as indústrias regulamentadas por ela, façam o procedimentos de auditoria de fornecedores, assim como também aquelas empresas que desejam obter a certificação de gestão de  qualidade. 

Entre os tipos de fornecedores avaliados, os principais estão relacionados com: 

  • Fabricação, monitoramento ambiental, controles de área, utilidades, armazenamento, distribuição, transporte e análise
  • Controle de prazos
  • Fabricantes e fornecedores de insumos farmacêuticos ativos
  • Materiais, equipamentos e embalagens
  • Lavagem de uniforme e paramentação
  • Agentes de limpeza e sanitização, produtos e reagentes
  • Serviços de calibração, manutenção, limpeza de fábrica, mão de obra especializada, qualificação e validação
  • Demais serviços que possuam impacto avaliado na qualidade, segurança e eficácia dos produtos

Qualificação x Certificação de Fornecedores

Existem dois tipos de avaliações e classificações que são realizadas em fornecedores, e estas podem confundir. Por isto, explicaremos a seguir as diferenças entre elas. 

Na certificação de fornecedores, uma empresa já qualificada está obtendo um nível máximo de eficácia e qualidade nos seus serviços prestados. 

Para isto obviamente este fornecedor precisa possuir um histórico de produtos e serviços fornecidos com qualidade assegurada, de forma que possa receber o certificado.

Quando um fornecedor possui um certificado, o mesmo é dispensado da necessidade de que seus produtos sejam submetidos a uma análise individual lote por lote, passando esta análise a ser realizada somente após uma determinada quantidade de lotes. 

Já na qualificação de fornecedores, o procedimento tem como objetivo realizar uma auditoria da qualidade dos produtos e serviços fornecidos. 

Esta auditoria irá emitir um relatório aprovando e então classificando um determinado fornecedor como qualificado. Assim sendo, significa que este fornecedor atende os requisitos de qualidade exigidos pela empresa e pela ANVISA. 

 

Como é realizada a Auditoria de Fornecedores

Uma empresa que irá avaliar seus fornecedores, precisa definir alguns critérios de criticidade para que assim facilite no momento do processo de auditoria.

Cada item do fornecedor a ser avaliado, deverá ser classificado quanto ao seu nível de criticidade, da seguinte maneira:

  • “I” se for Imprescindível: quando um requisito é essencial tendo este influência de nível crítico
  • “N” se for Necessário: quando determinado requisito é importante e pode ter influência em níveis um pouco críticos
  • “R” se for Recomendável: quando existem requisitos importantes e que contribuem para a melhoria do controle dos fornecedores
  • N/A: quando não se aplica.

Todos os itens a serem avaliados devem estar definidos de forma clara no checklist da auditoria de fornecedores.

 

Vantagens da Auditoria de Fornecedores

Uma das gradnes vantagens que se obtém ao realizar a auditoria de fornecedores é garantir a confiabilidade do processo realizado pelo fornecedor. 

Assim o cliente (empresa que precisa avaliar seus fornecedores) poderá confiar no processo e garantir que o mesmo estará atendendo aos requisitos estabelecidos pelo próprio cliente, e também pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. 

Parte da auditoria então visará garantir que o processo de um fornecedor poderá não criar tantas situações de não conformidades, e terá eficácia ao lidar com eventuais desvios dentro da produção. 

Com a auditoria de fornecedores, a empresa também poderá estabelecer parceiros organizacionais de confiança, e coletar respostas para dúvidas que podem surgir sobre o desempenho da cadeia de fornecimento.

Outras vantagens obtidas: 

  • Mitigação de riscos associados
  • Redução de custos associados às atividades de gestão da cadeia

Por hoje ficamos por aqui, se você gostou deste conteúdo não esqueça de deixar seu comentário logo aqui abaixo. 

Mostre que você se importa, compartilhe este artigo em suas redes sociais clicando nos botões abaixo, e assim ajude a impactar mais pessoas. 

Se você precisa de ajuda para realizar a Auditoria de Fornecedores em sua empresa, entre em contato agora mesmo com nossa equipe. Forte abraço!

Não vá embora ainda...

Conte para nós o que você achou deste conteúdo

Cadastre-se gratuitamente em nossa lista de leitores e seja notificado com exclusividade a cada novo post ou material publicado.

WhatsApp chat